Sobre a KCSC

O Kennel Clube de Santa Catarina é uma entidade de cinofilia, sem fins lucrativos, que visa incentivar e divulgar a criação de cães de raça pura com registro. Sua sede está localizada na cidade de Blumenau (SC). Foi reconhecida como de utilidade pública federal em 05/12/1983-Decreto Lei 4.008-DF.

É filiado à Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) e, consequentemente, à Federation Cynologique Internationale (FCI).

Cinofilia

Definição de Cinofilia:

"Esporte dos cinófilos que consiste em participar de certames específicos, relativos à raças caninas das diferentes nações e à formação de associações; hábito e gosto pela leitura especializada, estudo, canicultura e participação dos eventos dos quais seus cães podem participar." - Bruno Tausz, Dicionário de Cinologia, 1997.

"Cinofilia - qualidade de cinófilo." "Cinófilo - quem gosta de cães" - Aurélio Buarque de Holanda.

Serviços

Encontre o serviço ou informações desejada pelas opções abaixo

Estatutos &
Atas

Formulários

Canis &
Criadores

Contato

Nossa equipe entrará em contato com você.
Preencha o formulário abaixo.

Dúvidas?

Utilize o campo abaixo para digitar sua dúvida.
Você também pode consultar Perguntas mais frequentes ou Produtos e Serviços.*

Como adquirir um filhote?

Em primeiro lugar, antes de adquirir o seu filhote, pense muito bem pois, embora ele possa ser uma ótima companhia, também precisará de cuidados com a sua saúde, carinho e atenção nos próximos 15 anos.

Procure definir, dentre as raças que você mais gosta, aquela mais adequada a um bom convívio. Se o seu espaço é restrito, procure uma raça de pequeno porte. Se você mora em uma casa ampla, pode optar por cães de médio a grande porte. 

Uma vez definida a raça, procure o Kennel Clube de Santa Catarina. Faça contato com criadores e canis registrados para adquirir um animal com pedigree.

Este registro é a garantia de que você está adquirindo um exemplar de raça pura. Procure conhecer todo o plantel do criador pois, somente assim, você poderá entender os cuidados com a criação do seu animal.

Uma vez escolhido o filhote, exija do criador o Certificado de Vacina assinado e carimbado por um médico veterinário, especificando a data das doses, bem como, o controle de verminoses.

Exija também, na forma de um Contrato de Compra e Venda ou de um Recibo, as garantias necessárias para que, mais tarde, nenhuma das partes possam ser ou se sentir lesadas.  

Estas garantias são referentes ao estado de saúde do animal, à forma de pagamento, finalidade da aquisição, prazo de entrega e pedigree. Lembre-se: neste contrato existem direitos e deveres a serem seguidos!

Como registrar um canil?

Para se associar ao Kennel Clube de Santa Catarina é necessário preencher os requerimentos de Registro de Canil e de Ingresso como Sócio os quais podem ser baixados aqui no site ou obtidos junto à Secretaria do KCSC. O deferimento ou não depende da análise da diretoria.

O Requerimento de Registro de Canil deve ser preenchido em letra de forma informando 03 (três) opções de nomes para o canil.Em nenhuma das opções deverá contar nome de raça, preposição, palavra canil, palavra kennel, nome ou sigla de país. No Brasil e no Exterior não podem existir canis com o mesmo nome. Uma pesquisa prévia é feita pela Confederação Brasileira de Kennels Clube (CBKC) e leva cerca de 120 dias, Posteriormente é efetuada outra pesquisa pela FCI (Bélgica), podendo totalisar até 180 dias para aprovação..

Independente da data de filiação, todos são obrigados a pagar a anuidade de sócio e a manutenção do afixo (canil) no ato da entrega dos requerimentos junto à Secretaria do KCSC sendo recolhidos os valores por inteiro independentemente do dia ou mês de protocolo.

É possível registrar o canil e não se tornar sócio do KCSC. Entretanto, isto acarreta em um acréscimo de 100% em todos os serviços oferecidos pelo Kennel Clube. 

Atenção! O KCSC não se responsabiliza por qualquer problema recorrente da comercialização de animais!

Como registrar uma ninhada?

Para registrar uma ninhada é necessário que o proprietário da fêmea (mãe da ninhada) tenha um canil registrado. Não tendo o canil registrado e não querendo registrar um afixo (canil) poderá este efetuar o registro de até duas ninhadas da mesma fêmea desde que transferida para si. É permitido no máximo o registro de duas ninhadas desta maneira, sendo o custo com acréscimo de 100% sobre o valor de tabela para associado. 

Após o nascimento da ninhada, o proprietário da fêmea tem até 90 dias para dar entrada no mapa de registro. Após este período, os valores sofrerão acréscimos de acordo com a data de nascimento dos filhotes. 

A transferência de cães pertencentes a outros sistemas que não sejam vinculados à FCC, CBKC e FCI dependerá de prévia análise e estará sujeita a tabela de preços diferenciados.

Documentos para registro de filhotes

Para registro de uma ninhada é necessário apresentar cópia do pedigree do macho e da fêmea e Mapa da Ninhada preenchido e assinado pelo/pelos respectivos proprietários. 

O proprietário preencherá o mapa de registro de ninhada onde consta a raça, o nascimento, o criador, o nome do canil, dos filhotes, sexo e cor, nome dos pais, os proprietários dos mesmos mais o endereço, telefone e assinatura. 

Assim, o mapa da ninhada é enviado ao KCSC que encaminha à CBKC onde será confeccionado o pedigree.

Como se obtém títulos promocionais?

CAMPEÃO INICIAL - Terá direito ao Título de Campeão Inicial (CCI), todo exemplar com idade de 04 (quatro) meses e um dia até 06 meses,  que tiver obtido 02 (dois) CCI's devidamente homologados, concedidos por dois árbitros diferentes.

 

CAMPEÃO FILHOTE –Terá direito ao Título de Campeão Filhote o exemplar com idade de 06 (seis) meses e um dia até 09 (nove) meses, que tiver obtido 03 (três) CCF's devidamente homologados, concedidos por três árbitros diferentes.

 

CAMPEÃO JOVEM- Terá direito ao Título de Campeão Jovem o exemplar com idade de 09 (nove) meses e um dia até 18 (dezoito) meses, que tiver obtido 04 (quatro) CCJ's devidamente homologados, concedidos por quatro árbitros diferentes.

 

CAMPEÃO- Terá direito ao Título de Campeão, os exemplares com idade superior a 5 meses que Preencherem as seguintes condições cumulativas:

a) Obtenção de 07 (sete) CAC´s, se machos, e de 05 (cinco) CAC´s, se fêmeas feita por árbitros diferentes e 01 (hum) “Melhor de Raça”.

b) Caso não consiga o “Melhor de Raça” deverá obter o dobro dos CAC’s necessários.

 

GRANDE CAMPEÃO-Terá direito ao Título de Grande Campeão , os exemplares detentores do título de Campeão  que preencherem as seguintes condições cumulativas:

a) Obtenção de 70 (setenta) pontos em CGC´s, se machos, e de 50 (cinquenta) pontos de CGC´s, se fêmeas feita por, no mínimo, 05 (cinco) árbitros diferentes

b)02 (dois) “Melhor de Raça”, sob o julgamento de 02 (dois) árbitros diferentes, 

c)Caso não consiga o “Melhor de Raça” deverá obter o dobro dos pontos necessários. 

 

CAMPEÃO PANAMERICADO - Terá direito ao título de Campeão Panamericano o exemplar com idade mínima para a validade do CACPAB e do Reserva de CACPAB  de 15 (quinze) meses e 01 (hum) dia todo exemplar com mais de (15) quinze meses de idade, que tiver obtido 05 (cinco) CACPAB's (Certificado de Aptidão a Campeonato Panamericano de Beleza) para macho e 04 (quatro) para fêmea, concedidos por juizes diferentes, sendo, pelo menos, um deles não brasileiro.

 

GRANDE CAMPEÃO PANAMERICANO- Terá direito ao título de Grande Campeão Panamericano  os exemplares detentores do título de Campeão Panamericano Homologados pela CBKC e portadores de 10 (dez) CACPAB’s para macho e 08 (oito) para fêmea, concedidos por árbitros diferentes sendo necessariamente 03 (três) deles não brasileiros. 

 

CAMPEÃO INTERNACIONAL- Os cães sujeitos à Prova de Trabalho,  completarão o seu campeonato internacional  com a obtenção de 03 (três) CACIB's, outorgados por juízes diferentes de países diferentes e após a aprovação na Prova de Trabalho, sendo que entre o primeiro CACIB e o último deverá ter decorrido mais de 12 (doze) meses.

 As raças não sujeitas à Provas de Trabalho deverão obter 04 (quatro) CACIB'S, outorgados por 04 (quatro) juízes de países diferentes, sendo que entre o primeiro CACIB e o último deverá ter decorrido mais de 12 (doze) meses.

 

JOVEM VENCEDOR NACIONAL-Terá direito ao título de Jovem Vencedor Nacional o exemplar que conquistar 03 (três) classificações de Melhor Jovem da Exposição em 03 (três) exposições formais de todas as raças julgadas por árbitros diferentes e em 03 (três) diferentes Estados da Federação.

 

GRANDE VENCEDOR NACIONAL- Terá direito ao título de Grande Vencedor Nacional desde que tenha conquistado 04 (quatro) classificações de “Melhor de Exposição” em 04 (quatro) exposições formais de todas as raças, julgadas por 04 (quatro) árbitros diferentes e em 04 (quatro) diferentes estados da Federação.

 

OBS* PARA TODOS OS TÍTULOS, EXCETO FILHOTE, O CÃO DEVE TER MICROCHIP

Como se procede a avaliação de cães pelos árbitros?

Em uma exposição de cães, cada exemplar é julgado individualmente tendo por base, o padrão de sua raça que determina todas as características necessárias ao "cão perfeito". 

Feita estava avaliação, o cão é comparado com outros exemplares inscritos em sua classe  - de acordo com a idade, sexo ou títulos já obtidos anteriormente - sendo escolhido o "Melhor da Classe".

Dentre os melhores da classe são escolhidos o Melhor Macho e a Melhor Fêmea. A seguir, é escolhido o Melhor da Raça que automaticamente é qualificado para a disputa de Melhor do Grupo. 

Grupos:

Grupo I: cães Pastores e Boiadeiros (exceto suíços): Berded Collie, Bouvier de Flandres, Collier Pêlo Longo, Shetland Sheepdog.

Grupo II: cães molossos, pinchshers, schnauzers e boiadeiros suíços: Bernese Montain Dog, Boxer, Bulldog Inglês, Bullmastiff, Dobermann, Dogo Argentino, Dogue Alemão, Dogue de Bordeaux, Fila Brasileiro, Grande Cão Japonês, Rotweiller, Schnauzer, Shar-Pei, Terra Nova.

Grupo III: Terriers: American Staffordshire Terrier, Bull Terrier, Fox Terrier Pêlo Duro, Fox Terrier Pêlo Liso, Terrier Brasileiro, Welsh Terrier, Wes Highland White Terrier, Yorkshire Terrier.

Grupo IV: Dachshunds Pêlo Curto, Dachsund Pêlo Liso.

Grupo V: cães spitz e do tipo primitivo: Akita Inu, Chow Chow, Husky Siberiano, Spitz Alemão.

Grupo VI: cães rastreadores: BAsset Hound, Beagle, Bloodhound, Dálmata, Petit Basset Griffon Vendeen, Rodesian Ridgeback.

Grupo VII: cães de aponte:Branco Alemão, Pointer Inglês.

Grupo VIII: cães de água, levantadores e retrievers: Cocker Spaniel Americano, Cocker Spaniel Inglês, Golden Retrivier, Labrador Retrivier;

Grupo IX: cães de companhia: Bichon Frise, Bulldog Francês, Chihuahua, Lhasa Apso; Maltês, Pequinês, Poodle, Pug, Shih Tzu.

Grupo X: galgos, lebreus e raças assemelahdas: Afghan Hound, Borzoi, Greyhound Italian, Whippet.

Grupo XI: American Pit Bull Terrier e Pastor Branco.

Após a escolha dos Melhores do Grupo, chega o momento culminante da exposição: o julgamento de "Melhor da Exposição" (Best in Show). Os onze ganhadores do grupo são novamente avaliados e comparados. O árbitro aponta o vencedor. 

O segundo colocado daquele  grupo então é convidado a entrar na pista e competir com os demais cães ao segundo lugar (reserva) de exposição e assim sucessivamente até o quinto lugar.

Categorias e Classes

O cão pode concorrer nas seguintes classes:

  • Filhote: de 04 a 06 meses
  • Novíssimo: de 06 meses e 1 dia a 12 meses.
  • Júnior: de 12 meses e um dia a 24 meses.
  • Sênior: de 24 meses e um dia em diante.
  • Campeonato: com título de Campeão Homologado.
  • Grande Campeonato: com título de Grande Campeão Homologado. 
Registro Genealógico (Pedigree)

Certamente você já ouviu esta palavra antes. Pedigree é o nome dado ao documento que contém a árvore genealógica de um animal (seus pais, avós e bisavós). Mais do que isso, é a garantia de que o cão é de raça pura. 

Sempre que o criador registra uma ninhada, cada filhote recebe um número de registro e, posteriormente, o Pedigree que é usado para saber se o filhote descende de campeões, qual sua linha de sangue ou de criação. 

Quando um cão participa de uma exposição, os títulos conquistados por ele também são homologados com seu Pedigree.  É obrigatório que o cão esteja registrado para participação de exposições. O Pedigree deverá ser consultado sempre que você desejar acasalar seu cão pois, só assim, poderá evitar uma consanguinidade indesejada ou conseguir outras recomendadas.

A única garantia de seu cão ser de determinada raça é o registro. Um cão sem Pedigree possui temperamento e caráter imprevisíveis, podem ser mestiços ou possuir algum defeito que o impossibilitou de obter seu registro.

Sempre que você for adquirir um novo amigo, exija a cópia do Protocolo de Registro deste, emitido pelo Kennel Clube de Santa Catarina. Este documento é a garantia de que o cão foi realmente registrado. 

Após 90 dias da data de emissão do Protocolo de Registro, o Pedigree deverá ser retirado na sede do Kennel Clube de Santa Catarina pelo criador/proprietário. Você não paga nada para retirar o Pedigree, visto já haver sido pago quando da entrada do processo de registro da ninhada - ele é seu de direito. 

O Pedigree é fundamental para que se possa dizer se o cão é de raça pura, sendo que este documento o valorizará para sempre, bem como os seus descendentes. 

Importante!

O documento vem com o nome do criador como proprietário, portanto, será preciso que o comprador do cão faça a transferência do Pedigree para seu nome. Para isto é necessário que o comprador leve ao KCSC o Pedigree assinado (no verso) pelo criador, devidamente preenchido com os dados do comprador e assinado por este para que seja dado entrada no processo de transferência mediante de pagamento de taxa correspondente.